Como calcular retornos de escala

Rendimentos de escala descrito um aumento na escala de produção (maiores recursos destinados à capital e trabalho) e um aumento correspondente na produção. aumento, diminuição, constante: Então, três situações básicas emergem rendimentos de escala. Os aumentos de rendimento em escala, quando as entradas são aumentados por um factor de X, as saídas são aumentados por um factor maior do que X, isto é, o aumento dos recursos dedicados à produção gerado um aumento ainda maior na saída. Por outro lado, a diminuição do desempenho de escala, quando as entradas são aumentados por um factor X, as saídas são aumentou menos do que X e naturalmente com os retornos constantes de escala, o aumento de entradas e saídas é idêntica. No entanto, estas três situações são modelados a partir da mesma função básica de produção.

instruções

  • 1

    Estabelecer a sua função de produção. Como um simples exemplo, assumir Q = 2K + 5L, onde Q é a saída, K representa o capital, ou de entrada, e L representa o trabalho, ou de entrada.

  • 2

    aumento da escala de produção, aumentando a K e L por um determinado fator. Voltando ao exemplo, utilizando a variável X representar um aumento da escala de produção. Portanto, o valor X deve ser multiplicado por K e L, o aumento do investimento na produção. Note que mesmo que uma variável é útil para ilustrar a matemática envolvida em uma situação real o fator X seria um número mais positiva para 1. Um valor de X = 2, por exemplo, indicaria uma duplicação de entradas escala de capital trabalho, enquanto X = 1,5 corresponde a um aumento de 50 por cento entradas.

  • 3

    Multiplicar por dois factores aumentam a entrada. No exemplo, a nova função seria: Q (bruto) = X (2K) + X (5L). Lembre-se que Q (premium) não é o mesmo valor Q originais. Na verdade, a finalidade deste cálculo é comparar dois valores. A primeira função já estabelecido que Q = 2K + 5L, mas queremos saber o que acontece se aumentarmos entradas Q por X. Em outras palavras, definimos Q (premium) para determinar se o aumento do Q é maior, igual ou menor o aumento de entradas.

  • 4

    Resolver a equação. Por exemplo: Q (prime) = X (2K) + X (5L) = 2KX + 5LX = X (2K + 5L), a equação original e desde que Q = 2K + 5L, de modo que X (2K + 5L) pode ser reescrita como X (Q), ou seja, Q (prime) = X (Q).

  • 5

    Determina se o novo valor de saídas aumenta maior, menor ou igual à proporção entradas. Por exemplo, Q (em bruto) é equivalente ao valor original de Q multiplicada por um factor de X (o mesmo que as entradas), dando rendimentos constantes à escala como o aumento da percentagem de entradas é exactamente o mesmo que o aumento saídas.

Dicas:

  • Note-se que algumas funções dada rendimentos constantes à escala de produção, como exemplo utilizado. Tente funções Q = KL ou K ^ Q = 0.5 * L ^ 0,5 para exemplos de aumentos e diminuições desempenho.